Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estro

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Livro de Poesia - A Exoração do Postremo: Mestre - III

Mestre.jpg

(Mestre Isolino Vaz - Anos 70)

     III

 

"MESTRE"

 

Mestre

Entre os mestres lusitanos,

Pintor de uma só arte

E vidas muitas,

De traço certo, firme e imortal

No retratar de um mundo que era o nosso!

 

Retratos vivos,

De vivos e de outros idos,

Descrevendo almas e figuras,

Por entre os traços,

Em cada pincelada…

 

À pena, de caneta, esferográfica,

Carvão, pincel de óleo ou aguarela,

Transparente no traço

E na pintura,

Como se em cada tela,

Vitral, ardósia, cerâmica ou barro,

Se vislumbrasse o ser,

Tal como sai perfeito o mel à abelha,

Ele assim as almas também espelha.

 

De um neorrealismo único,

Com a transparência

De vidro ou de janela,

O Mestre retrata a figura

Onde por detrás a alma espreita.

 

Vidente de almas

De figuras de ilustres lusitanos,

Ou do povo no seu todo

Ou parte a parte,

O emigrante, o mineiro,

O filósofo, o escritor,

O Povo, o herói, a personagem,

Que nada se esconde ao traço do pintor,

Mestre maior do retrato em Portugal.

 

Mestre Isolino Vaz

Tinha por nome,

Pintava o sentimento com amor,

Desenhava a pobreza,

A dor e a fome!

 

Mestre a ver a vida,

A ver a morte,

Nenhum outro como ele pintava

A ditadura, o vício, a avareza,

O luxo, a vida dura,

A injustiça,

A falta de nobreza,

As mágoas do infinito,

Os rios do tormento,

As vagas da aflição,

O pó, o fel

E o chão…

 

Gil Saraiva

Miguel Torga por Isolino Vaz.jpg

(Miguel Torga por Isolino Vaz)      

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub