Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estro

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Livro de Poesia - Ântumos Implexos dos Airados: A Complexidade do Dois em Um - VII - Um a Um - 1

casal-na-neve_1328-817.jpg                                      VII

 

“A COMPLEXIDADE DO DOIS EM UM”

 

Um a um.jpg        1

 

" UM A UM"

 

Um a um

Passam os anos,

Formando nossas vidas.

Mesmo que nunca se sinta o amor,

Ele sempre existe

No eco profundo

Das inspirações recalcadas,

Lá, onde a saudade

É nossa irmã

E aonde a dor,

Velha madrasta

Sempre pronta

A agitar-nos o stress,

Procura uma oportunidade

Para emergir uma vez mais.

 

Por isso, a poesia

Reveste-nos o sangue,

Resguardando os seres

Das margens da mágoa,

Da loucura,

Da raiva

E da frustração.

 

Um a um,

Os sentimentos deixam marcas,

Que não vemos a olho nu.

Vidas em comum,

Onde o invulgar é,

Paradoxalmente,

A harmonia ser

O denominador comum

E natural.

 

Gil Saraiva

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub