Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estro

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Livro de Poesia - Crença em um Fanal na Chona Lôbrega: Pensamento - VIII

Pensamento.jpg

      VIII

 

"PENSAMENTO"

 

O Homem nunca há de vencer

As rochas do tempo,

As florestas do Universo,

As marés vivas da Lua.

 

Poderá, talvez, desvendar no futuro

O dia das suas trevas,

A primeira noite de Sol,

O antibiótico para a fome,

A vacina de todas as pandemias,

Menos a do medo

E a da Morte.

 

O valor que tem o bem,

A força da solidariedade,

A vitalidade da arte,

A beleza da natureza

E a garra da sabedoria,

São frutos do pensamento

De uma coletividade

Que dá pelo nome de humanidade.

 

O Homem jamais conseguirá criar,

Por mais que o ajude o génio

E a inteligência,

Qual é a fórmula do amor

E como transformá-lo em equação.

 

O Homem sonha, inventa, prospera

E progride pelo pensamento,

O mesmo que lhe dá consciência,

Guerra ou paz e, às vezes,

Felicidade.

 

O que seria do ser

Sem essa qualidade única

A que chamamos pensamento?

 

Gil Saraiva

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub