Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estro

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Livro de Poesia - Desvarios em Sol-Posto - Quando Nasce o Sol - VII

Quando Nasce o Sol.jpg

             VII

 

"QUANDO NASCE O SOL"

(Balada da Esperança)

 

Quando um barco passa,

Ondas de horizonte...

O mar ameaça,

Polui... mastodonte...

 

Comboio, fumaça,

Carris sem destino...

Nova ameaça,

Novo desatino...

 

Quando nasce o Sol

Não queremos engodos...

Quando nasce o Sol

Nasce para todos...

 

Chamem as crianças

E ensinem p'ra elas:

Tem de haver mudanças,

Montem sentinelas!

 

(crianças)

Queremos ambiente,

A pura maçã,

Queremos novamente

Uma Terra sã...

 

Nós somos crianças

Queremos mundo novo...

Tem de haver mudanças

Para o bem do Povo...

 

Quando nasce o Sol

Não queremos engodos...

Quando nasce o Sol

Nasce para todos...

.

(banda)

Não queremos sulfatos,

Ácidos, fenol,

Fábricas sem tratos,

Guerras de paiol;

 

Não queremos sujeiras,

Borras de café,

Nem queremos lixeiras,

Nem negra maré...

 

Quando nasce o Sol

Não queremos engodos...

Quando nasce o Sol

Nasce para todos...

 

Chamem as crianças

E ensinem pra elas:

Tem de haver mudanças,

Montem sentinelas!

 

(crianças)

Queremos ambiente,

A pura maçã,

Queremos novamente

Uma Terra sã...

 

Nós somos crianças

Queremos mundo novo...

Tem de haver mudanças

Para o bem do Povo...

 

Quando nasce o Sol

Não queremos engodos...

Quando nasce o Sol

Nasce para todos!

Nasce para todos...

 

Gil Saraiva

 

Notas: 1) Letra para uma balada de esperança.

             2) Letra para a Banda de garagem “Rock Spot Alive” (anos 80).

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub