Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Estro

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Livro de Poesia - Estrigas do Dilúculo dos Lamentos: Longa é a Noite - XLI

Longa é a Noite.jpg

           XLI

 

"LONGA É A NOITE..."

 

Longa é a noite... tão completa e bela

A manta negra de silêncio feita,

Onde, de branco, a Lua vai, singela,

Dançando um surdo cintilar... perfeita...

 

Longa é a noite... e aqui, à luz da vela,

Entre estas sombras, só... insatisfeita,

A dor suprema chega p'la janela

E no meu coração... então se deita!

 

Longa é a noite... agora em meu viver...

E eu não sentir amor é ser desgraça;

É ser noite que o dia nunca abraça

 

Ou vida já esquecida de viver!

Sou laje... cova... túmulo desfeito...

Longa é a noite... agora... no meu peito!

 

Gil Saraiva

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Meus Blogs: Crónicas. Poesia, Humor, Beijos

Músicas que adoro

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub