Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estro

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Livro de Poesia - O Donaire do Proterótipo Ordinário: Balada da Vampira - Mais Que Tudo - XV

Balada da Vampira - Mais Que Tudo.jpg                       XV

 

"BALADA DA VAMPIRA – MAIS QUE TUDO”

(Para cantar com a música de “Os Vampiros” de Zeca Afonso)

 

Nesse teu rosto,

Cerrado escudo,

Ou nesse olhar

De desamparada,

Sinto o Sol posto,

Vem no beijo mudo

Procurando amar,

Não sentindo nada.

 

Quem ateia a cama

É teu ser veludo

De mulher em chama

Que quer ser amada.

Tu és mais que tudo,

Tu és mais que tudo

Tu és mais que tudo

E eu não sou nada!

 

Tu és obra de arte,

Perfeita, demais,

Vives na beleza

De seres obra prima.

Abrem guerra a Marte

Os pobres mortais,

Querem a certeza

De ter tua estima.

 

Quem ateia a cama

É teu ser veludo

De mulher em chama

Que quer ser amada.

Tu és mais que tudo,

Tu és mais que tudo

Tu és mais que tudo

E eu não sou nada!

 

Tu és o segredo,

Vens de tempo idos,

De lendas e mitos

És moura encantada.

Nunca tenhas medo

Dos dias perdidos,

Porque, entre mil gritos,

Tu és voz amada!

 

Quem ateia a cama

É teu ser veludo

De mulher em chama

Que quer ser amada.

Tu és mais que tudo,

Tu és mais que tudo

Tu és mais que tudo

E eu não sou nada!

 

Quem ateia a cama

É teu ser veludo

De mulher em chama

Que quer ser amada.

Tu és mais que tudo,

Tu és mais que tudo

Tu és mais que tudo

E eu não sou nada!

 

Gil Saraiva

 

Nota: Letra para a Banda de bairro “Ecos da Cidade” (últimos 20 anos).

 

 

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub