Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Estro

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Livro de Poesia - O Próximo Homem II : A Velha

A Velha.jpg

"A VELHA"

 

Será princípio

Ou fim

A Velha Morte?

 

Princípio não,

Porque anuncia o fim.

Mas fim não pode ser

Porque há memória

E enquanto ela houver

O ser existe…

 

Então...

Princípio de quê?

Então...

O fim de quem?

 

Será que a Velha

Mora no Além?

Será...?

 

Onde será que vive

A Velha Morte?

Será que é para Sul...

Ou para Norte...?

 

Não importa tudo saber

Da Velha Morte,

Pois ninguém morre

Sem viver também…

 

Será filha de nós

Ou nossa mãe...

Essa Velha

A quem

Chamamos Morte?

Será...? Será...? Será...?

É irmã da vida

E com ela chega,

Partindo quando esta

Também parte…

 

Como será que é

A Velha Morte?...

É simples, sem rodeios e sem medos,

Não se mostra sem a irmã

A largar só.

 

Mas, se quem parte,

De si, deixar memória,

Recordações, saudades, maior bem,

A morte apenas leva uma só parte

E quem morre

Vive no sentir de alguém…

 

Gil Saraiva

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub