Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Estro

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Livro de Poesia: Portaló - Parte I - Paisagens - I - Mais Perto do Céu

Mais Perto do Céu.JPG

PORTALÓ (MEMÓRIAS DA BAHIA)          -----"-----         PARTE I: PAISAGENS OU O SORTILÉGIO DA PAIXÃO

             I

 

“MAIS PERTO DO CÉU”

 

Quem não tem

Fantasias nesta vida?

Filmes não vividos,

Só sonhados…

Soluções impossíveis

Que parecem ter saída,

Raciocínios absurdos,

Mas na perfeição elaborados…

 

Caminhos percorridos

Pela mente,

Porque foram,

Por ela,

Imaginados.

 

Sonhar uma viagem,

Mas tão secretamente,

Que não se encontram

Excertos registados…

 

E assim…

Descobri um ponto no infinito,

Preciso, definido,

Desvendado,

E vê-lo mais perto,

Cada vez,

Sem palavras usar,

Nem mero grito,

A pouco e pouco

Melhor sendo focado,

Redesenhando,

Com espantosa nitidez,

As formas, os traços,

As imagens,

Que na memória recordam as paisagens…

 

Quem não teve

Fantasias nesta vida?

Quem não sentiu saudades

Mesmo que apenas de fugida?

 

Foi destapado o esquecimento,

O véu,

Que nos prova o quanto,

De verdade,

Já vivemos plena felicidade,

Mais perto,

Bem mais perto do céu…

 

Gil Saraiva

 

* Parte I - Paisagens ou o Sortilégio da Paixão

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub