Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Estro

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Livro de Poesia - Quimeras de Quimera II: Chorar

Chorar.jpg

"CHORAR"

 

Sangue, suor e lágrimas eu choro,

E vou assim chorar pra toda a vida...

Não vou mais conseguir estancar a ferida,

Aberta por tamanho meteoro

 

No coração de quem eu mais adoro

E nesta já minha alma suicida...

Meu sangue vai escorrendo da jazida,

Saindo-me p’la pele em cada poro...

 

Suor tenho nas veias e artérias,

Correndo loucamente para a morte...

As lágrimas são átomos, matérias,

 

São o consolo triste da má sorte...

Chorar é meu último conforto,

Agora que na vida vivo morto!...

 

Gil Saraiva

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Meus Blogs: Crónicas. Poesia, Humor, Beijos

Músicas que adoro

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub