Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estro

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Livro de Poesia - Tetrásticos de Supercílio Trépido: Quadras Esparsas - IX

Quadras Esparsas.jpg                       IX

 

"QUADRAS ESPARSAS"

 

JAMAIS

Todos temos no passado

Anos de mente insana,

Mas quem fica lado a lado,

Por amor, jamais abana.

 

AFETO

Sou lisboeta de facto

Mas algarvio de feto,

Não importa onde fui nato,

Mas sim onde tive afeto

 

NINGUÉM GOSTA

O lixo no contentor,

A contentar a cidade,

Ninguém gosta do odor

Que emana da sujidade.

 

CINCO LETRAS

Cinco letras, nem mais uma,

Para amo-te escrever,

Cinco letras, mais nenhuma,

Para o coração bater.

 

OS ANOS

Os anos de amor, querida,

São dias de par a par,

São os anos de uma vida

Que nos fazem recordar.

 

CHAVE

Se esta chave for tua

Só vais ter que a porta abrir,

Pois só vai ficar na rua

Quem ao tentar a partir

 

RESTAURANTE

No Verde Gaio há vida,

Alegria e bem-estar.

Serve-se boa comida,

É-se bem-vindo ao jantar.

 

Gil Saraiva

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Meus Blogs: Crónicas. Poesia, Humor, Beijos

Músicas que adoro

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub