Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estro

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Livro de Poesia - Os Anexins de um Vate Sólito: O Último Adeus - XLV (último soneto)

O Último Adeus.jpg                 XLV

 

"O ÚLTIMO ADEUS"

 

Eu sei que para ti nada mais sou.

Amor, eu para sempre te perdi.

Adeus! Pois sei que só te tive, a ti,

Enquanto esse outro homem não voltou.

 

Ah! Como agora tudo em ti mudou

E como nestes dias eu sofri,

Perdido de mim mesmo, eu já morri,

Pois não me ama mais quem já me amou!

 

Eu não te quero mais antiga amada,

Porque nesse universo há outra vida.

Desculpa-me esta minha despedida,

 

Adeus, menina, adeus, não resta nada!

Só me falta implorar, pedir a Deus,

Que me faça esquecer o último adeus.

 

Gil Saraiva

 

 

 

Livro de Poesia - Díscolas de Runim Iaiá: Adeus Mundo - XIX

Adeus Mundo.jpg

       XIX

 

"ADEUS MUNDO”

 

O Comboio vem perto, está chegando.

Eu entro. Sem saudades, vou partir.

P´ra mim nem tempo há p’ra refletir,

Agora que o fim vem se aproximando.

 

A máquina, p’la linha, caminhando,

Como eu, vai-se embora sem sorrir

E, como eu, parece não sentir

Os trilhos prateados terminando.

 

Eu fiquei assim de alma enegrecida,

Já não vejo beleza num poente.

Chegou agora a minha despedida.

 

Não sinto, em minha cara, o Sol ardente.

Eu já não vejo, em mim, sinal de vida.

Adeus mundo infeliz que me não sente!

 

Ariana Telles

 

 

 

Livro de Poesia - Desassossegos de um Bardo: Adeus Heróis do Mar - V

Adeus Heróis do Mar.jpg

                V

 

"ADEUS HERÓIS DO MAR"

 

Adeus heróis do mar

Das armas e barões já reformados

Adeus a todos vós

Que edificaram este reino que um dia foi Timor

Adeus ó nobre povo, de quem um dia herdamos

A força, a valentia, a resistência

 

Faz muitos anos que da dor fazemos pão

Desde o dia da vossa despedida

Que somos caça de um vil invasor

Somos gente de paz

Mas a voz heróis do mar

Pedimos hoje que com esplendor

Levanteis de novo a nossa hoje triste

Terra de Timor

 

Ó heróis do mar

Pois foi de vós

Que a palavra saudade

A nós chegou

E que saudades de vós

Heróis do mar

E que saudades de vós

Heróis do mar

 

Adeus a todos vós

Que edificaram este reino

Que um dia foi Timor

Adeus ó nobre povo,

De quem um dia herdamos

A força, a valentia, a resistência

 

Ó heróis do mar

Pois foi de vós

Que a palavra saudade

A nós chegou

E que saudades de vós

Heróis do mar

E que saudades de vós

Heróis do mar

 

Ó heróis do mar

Pois foi de vós

Que a palavra saudade

A nós chegou

E que saudades de vós

Heróis do mar

E que saudades de vós

Heróis do mar

 

Gil Saraiva

 

Nota: Letra escrita para a banda algarvia Íris – Um Disco de Prata e dois de Ouro. Produção: Vidisco.

         

 

 

Livro de Poesia - Estrigas do Dilúculo dos Lamentos: Adeus Mãe - XI

Adeus Mãe.jpg

       XI

 

"ADEUS MÃE"

 

São as chagas de Cristo em cada palma,

Soluços que o meu peito não contém...

Flagelos mais de mil, aqui... além...

São lágrimas de fogo em noite calma!

 

São farrapos dispersos da minha alma,

Que parecem morrer com minha mãe...

Recordações, saudades, sei lá bem...

São como as roxas malhas de uma talma,

 

Quais sombras de mistério... vago fumo...

Folhas seguindo o vento, neste outono

Rolando pelo chão. Um fim de um sono

 

De quem velou por mim e me deu rumo!...

Chora-me o ser... por fim, grita-me a boca

Uns sons, que já não saem da voz rouca.

 

Gil Saraiva

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub