Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estro

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Livro de Poesia - Ântumos Implexos dos Airados: O Afinismo Humano - XIV

O Afinismo Humano.jpg                       XIV

 

“O AFINISMO HUMANO”

 

Não existe no dicionário a palavra “afinismo”,

É uma palavra só minha, pessoal, por mim criada, um neologismo,

Talvez, de vão de escada, contudo, cheio de significado e de lirismo.

Afinismo vem de afim, ou seja, semelhante, análogo, idêntico, igual

Ou parecido, ou seja, similar e consonante com um pensamento

Envolvido numa mesma forma de estar, de agir ou de gostar,

De seres diferentes, que por concordarem nisso se pensam unir,

Criando clubes, partidos, gerando umas correntes, onde se trocam ideias,

Onde a permuta é algo coerente e onde o objetivo é semelhante,

Próximo, comum, onde se luta pela mesma causa aliciante.

 

Pondo as rimas de parte, o afinismo é aplicação biunívoca entre duas

Ou mais coisas, sejam estas, atos, pensamentos, objetos ou ideias,

Tendo entre elas um denominador comum que une duas ou mais pessoas

Em seu torno e em sua defesa. Quando levado ao extremo, a sério

Ou à legalidade, ajuda a formar casais, partidários, adeptos, próximos,

Amigos, vizinhos, famílias e confrades. Porquê? Porque cada grupo

Se sente unido por perspetivas e projectividades de origem única,

Ou de princípios idênticos, quase iguais, diria… gémeos.

Cada movimento se agrega então, seguindo uma mesma linha reta

Ou uma outra que lhe seja colateral, de preferência paralela

Ou espelhada nos mesmos conceitos primários.

 

O afinismo defende que a sociedade se organiza em volta

Das mesmas analogias, conexões ou tendências,

Sendo que todas elas buscam a combinação associativa,

Ou legal se o direito dos Estados o exigir.

 

A História faz prova disso mesmo, nos milénios até

Hoje conhecidos, pois que sempre nos organizámos assim:

Entorno de uma terra, de um país, de uma língua,

De um líder ou de uma bandeira.

 

O afinismo promove as empatias, gera classes sociais

E sindicatos, ordens, movimentos, princípios,

Direitos e por fim as leis da sociedade.

 

Mesmo do campo emocional e do sentir

O afinismo cria os laços certos,

Seja entre casais ou entre amantes,

Seja no ódio, na dor, ou no amor.

 

Gil Saraiva

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub