Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estro

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Livro de Poesia - Melopeias Róridas Entre Armila e Umbra: Dia dos Namorados - VII

Dia dos Namorados.jpg                  VII

 

 "DIA DOS NAMORADOS"

 

Hoje voltou o Sol e nem um pingo,

Mantendo assim, a seco, o problema.

Num país que já está em seca extrema,

Ontem choveu demais e foi domingo,

É dia de ficarmos acordados

De festejar o sermos namorados.

 

Mas por onde andas tu, meu grande amor?

Porque não estás aqui ao pé de mim?

Não há quem, com paixão, te queira assim,

Como eu te quero, joia, aroma, flor.

Dia dos namorados já tem hora,

A catorze do mês de fevereiro

Não será para março, nem janeiro

Foi o mês de se amar como é agora.

 

Hoje é dia, amor, dos namorados,

Não há como ficarmos separados.

Não podes ter esquecido o sentimento,

O frenesim de amar, com que loucura,

Sonhos de dia e noite, de ternura,

A pele na pele gerando o movimento…

Eu não esqueci o toque, tão suave,

Dos teus dedos perdidos no meu peito.

Vem querida, vem! Vem-te que é perfeito…

Tu és a fechadura, eu tenho a chave.

Não há como ficarmos separados,

Hoje é dia, amor, dos namorados!

 

Ontem choveu demais e foi domingo,

Num país que já está em seca extrema,

Mantendo assim, a seco, o problema

Hoje voltou o Sol e nem um pingo.

Rega meu coração, amor, bastante,

Que o teu amor por mim é refrescante.

Encantados? Talvez… se namorados…

 

Gil Saraiva

 

 

 

Soneto: Dia dos Namorados, Para Alguns...

Dia dos Namorados.jpg

"Dia dos Namorados, Para Alguns..."

 

Por ver chegar o dia triste estou…

Sim, porque hoje celebram namorados

Serem um par, o estar apaixonados

Bem dif’rente de como, agora, eu vou…

 

Celebram o que, em mim, se evaporou,

E há, por todo o lado, encantados

Abraços, beijos, mimos devotados,

Que p’ra longe de mim alguém levou...

 

Por toda a parte aromas e fragrâncias

Rapidamente espalham os odores

De pecados de amor, sem arrogâncias,

 

Que em mim parecem tão devastadores...

Dia dos Namorados, quem me dera

Voltar a celebrá-lo… é longa a espera…

 

Gil Saraiva

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub