Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estro

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Estro do meu ego guarda a minha poesia, sem preocupações de forma ou conteúdo, apenas narrativas do que me constitui...

Livro de Poesia - Quimeras de Quimera II: Dor Suprema

Dor suprema.jpg

"DOR SUPREMA"

 

Tu, que dentro de ti alimentaste:

A única, no mundo, maravilha;

A única, no mar, sagrada ilha...

Singela, linda e pura, em contraste

 

Com as restantes ilhas pra que olhaste...

Só tu sabes, como eu, que já não brilha

Dentro desse teu ventre a nossa filha,

Que tanto, tempos antes, desejaste.

 

Só tu provas, como eu, o amargo gosto...

Só tu, pra além de mim, tens dor suprema,

De não ter visto esse choroso rosto

 

Da criança nascendo sem problema...

Só tu vives, como eu, o aqui exposto...

Só tu e eu sentimos o poema!

 

Gil Saraiva

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub